jusbrasil.com.br
17 de Abril de 2021
    Adicione tópicos

    Reunião pública em São João del-Rei/MG vai decidir destino de portada de igreja Monumento foi vendido a um empresário paulista na década de 70, tendo sido recuperado há cerca de dois anos

    São João del-Rei. O Ministério Público Federal (MPF) irá realizar na próxima terça-feira, 25 de março, reunião pública para a apresentação de sugestões de locais que possam acolher a portada da antiga Igreja Bom Jesus de Matosinhos.

    A antiga capela de Bom Jesus de Matosinhos foi demolida em 1970, por ordem do então pároco, padre Jacinto Lovato. A edificação, construída em 1774, integrava o Conjunto Arquitetônico e Urbanístico da cidade de São João Del-Rei, tendo sido tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

    Essa proteção, no entanto, não impediu que o padre determinasse a sua demolição. Registros da época dão conta de que, diante de protestos de representantes do órgão cultural de São João del-Rei, ele teria argumentado que o assunto era exclusivamente da alçada da igreja e que os templos seriam “para utilização dos fiéis e não para serem contemplados como pura arte de construção”.

    Os materiais resultantes da demolição – madeiras, ornatos de pedra, arco do cruzeiro, retábulo e a portada em pedrão sabão – foram vendidos. A portada, especificamente, foi adquirida por um empresário paulista, que a instalou em fazenda de sua propriedade no interior de São Paulo, onde foi localizada no ano de 2003.

    Após a localização, os Ministérios Públicos Federal e Estadual ingressaram em juízo pleiteando o reconhecimento de que a portada pertenceria ao acervo tombado de São João del-Rei, de onde nunca deveria ter saído (ACP nº 2009.38.15.000812-0).

    Durante o andamento da ação, as partes celebraram acordo judicial para a devolução do bem pelos então proprietários. Em julho de 2012, a Justiça Federal homologou o acordo, determinando o retorno do bem à cidade.

    A discussão agora é sobre o local onde a portada deverá ser instalada, já que a igreja de onde foi retirada não existe mais.

    O Ministério Público Federal decidiu então realizar uma reunião pública que possibilite a especialistas, ou a qualquer cidadão interessado, apresentar seu posicionamento sobre o lugar de instalação da portada.

    O evento, aberto ao público, acontecerá às 18 horas, no salão da quadra do Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos. O endereço é Avenida José de Queiroz, nº 16, Bairro Matosinhos, em São João del-Rei.

    Assessoria de Comunicação Social

    Ministério Público Federal em Minas Gerais

    Tel.: (31) 2123.9008

    No twitter: mpf_mg

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)